24 de junho de 2017

meia dúzia de parabéns















tiveste, finalmente, uma festa à séria.  a nossa entrega total, como merecias. em outros anos calhou-nos quase sempre estarmos ou em trânsito ou em improvisos. meia dúzia de anos, meia dúzia de amigos, o parque, ideias com muitos contributos  e o teu obrigado reconhecido.

23 de junho de 2017

é meia dúzia para esta mesa do meio

























filho pequeno que passa de dia para dia a filho enlatado. continuas o filho expressionista em variadas direções. entalas-te entre o gozo e a piada que por vezes se excede para provocação. ficas perdido sem o teu guru de brincadeiras e desmotivado e agarras-te à facilidade de mergulhar em ecrans. pedes muito os ecrans e eu meia culpa me deposito mais este contorcionismo gigante para vos chegar a todos. fazes seis anos e a tua plasticidade resolve-te. usas toda a tua expressividade para dar nomes a todos os sentimentos que te avassalam. és uma história tão diferente. nem sempre me sintonizo com tamanha rapidez no teu canal, nem sempre voo da seriedade para uma espécie de stand up comedy que te evidencia cada vez mais. estás no primeiro ano mas já tens uma espécie de bloco base feito, como têm a maior parte dos irmãos mais novos). é-te tudo mais fácil aparentemente, às vezes esqueço-me que ainda és pequenino. parabéns.

22 de junho de 2017

receitas com ideias



já não largamos a receita vencedora que não inclui exclusivamente ingredientes alimentares. para formalizar os parabéns em ambiente escolar passamos a optar por queques individuais que facilitam a hora de esquartejar o bolo e tornam o momento mais prático e funcional. aos queques acrescentamos desafios, adaptados à faixa etária, que incluem mistérios para descobrir. este ano, as contas de somar simples tinham todas o mesmo resultado: a meia dúzia de anos do aniversariante. 

eu vista por mim

eu vista por mim
novembro1982