13 de dezembro de 2007

...

não tenho queixumes típicos de ah e tal queria cesariana e tudo a que tenho direito para passar "ilesa" do momento X, pelo contrário, tenho ideias ao contrário. o tempo de antena que me dão é sempre curto para me exprimir e retraio dúvidas que são certezas por declarar. não adianto, descontraio, logo se vê. queria trazer mais queixumes para me concentrarem atenções, preciso de atenção e não me sinto capaz de a reclamar porque não gosto de inventar dores. enquanto esperei pelo carinho do doutor que me afagou o invólucro, a v. sentiu-o dançar, já não me pontapeia, empurra-me as fronteiras de mim. eu gosto e raramente vou a tempo de o partilhar. mapas de acabamentos, mapas de vãos, memórias descritivas e desenhos parciais, são tarefas que me substituem os babygrow's mas, não vejo a hora de acordar e ir espreitar o berço e o mudador recheados de momentos entre s'es e e's que me caracterizam o trabalho e a vida.

9 comentários:

Madrid disse...

Hoje em dia parece que há que justificar-se por querer viver o parto tal qual! Mas nao deixes de de expressar a tua opiniao e de perguntar as dúvidas no curso de preparaçao ao parto. Até lá aproveita pra preparar o castelo do príncipe pois por vezes há que encarregar móveis e acessórios que demoram a chegar. Aviséi!

umademim disse...

está tudo encomendado, não vejo a hora de disfruta-los vazios na curta espera que ainda me falta...

pois...e o problema é que um parto não é uma operação e muitos de nós ainda traz impingidas certezas que só agora se alteram pouco a pouco. só as quero dismistificar na cabeça, o resto logo se vê...

episiotomia como dado adquirido, sim ou não?

ritacor disse...

A necessidade de atenção é bastante comum e natural numa mulher grávida. E é precisamente o que a maioria dos médicos não consegue perceber... que basta parar por uns minutos e dar atenção à mulher que tem à sua frente. Só isso :)

Episiotomia como dado adquirido?
claro que não!
;)

umademim disse...

pois......hoje há muitos dados adquiridos....leio....e ponho-os em causa...

Madrid disse...

Episiotomia? Nao! Eu passéi por uma, totalmente inecessária como o 99% das que se praticam ... Nao só nao evitóu o rasgao senao que o provocóu, como também é habitual. Na Espanha já há vários hospitáis donde nao as fazem tal como já aconselhóu a Organizaçao Mundial da Saúde no ano 1985. Se puderes evita isso. Vejo que és das minhas ... Bem-vinda ao club das "incomprendidas"!

umademim disse...

já sabia que a organização mundial de saúde as tinha desanconselhado....e estou a falar sempre como opções que se encontram instituidas não quero dizer mais nada do que isso......lancei a discussão...porque penso nessas e em muitas outras coisas instituidas que me parecem desadequadas....ainda é dificil encontrar quem queira por algumas coisas em causa...até já ouvi que cezariana é menos violento para o recem nascido....então e as hormonas que se libertam para preparar o processo natural, ....esquecem-nas...com isto não quero dizer que se existissem riscos não faria uma cezariana...

umademim disse...

obrigada pelos contributos...

alice disse...

O parto natural, daqueles em que se deixa o corpo desenvolver naturalmente até à hora em que o bébé quer nascer, é tão bonito que nada mais me convence de alguma alternativa melhor (a não ser que haja realmente alguma razão médica).

É óptimo que te informes das tuas alternativas em relação ao parto, para que não te vendam um parto 'marcado' ou do género 'operação'. Só lamento como às vezes os obstetras falam dessas opções como se fossem algo de utilização comum, o que para quem é mãe pela 1ªvez pode ser um pouco ilusório.

Confia no teu instinto :)

Madrid disse...

Pois, há tantas coisas instiuidas e que sao desaquadas, tanta falta de informaçao por falta dos obstretas, tantas rotinas hospitalares absurdas ... Tenta "negociar" o que puderes. Se te serve de ajuda séi que há um hospital no centro de Portugal que promove o parto natural sem oxitocina, episiotomía ou qualquer tipo de "extra" que a mae nao deseje, até tenhem camas ergonómicas pra que a mae seja quem decida a posiçao pra dar à luz.
Fazes-me lembrar a mim no fim da gravidez, "por vezes mais vale ser ignorante" como diz o D ...
Ánimo, nao estás sozinha!

eu vista por mim

eu vista por mim
novembro1982