30 de dezembro de 2007

2008


quase, quase, quase a chegar...
com novos planos e muitas imagens para registar.

28 de dezembro de 2007

do pai natal



.rockabye baby por entregar
.contracções uterinas trazidas a mais e descanso a menos
.corropio de sempre entre duas vidas vividas em negação de ponto de fuga
.pouco cumprido o prazer de oferecer um bocadinho de mim em cada escolha de presente
.suturas de bónus
.angústias de sempre
.presentes em duplicado que ainda sou duas
.uma troca de presentes sem as figuras da praxe que prometem conflitos futuros
.um presépio que promete camuflar e/ou evidenciar disputas de figurinos
.duas camisas imaculadas que me lembram a contagem decrescente
.um meio corpo pedido onde já pendurava uma barriga de vez em quando
.um mudador imaculado que apoiará um pedaço de mim
.carrinhos a ir e voltar
.sapatilhas estreadas antes da hora H que o ano promete umas todo o terreno
.uma aletria imperfeita com rabanadas feitas nas condições da praxe
.um leite creme que me compôs o estômago
.umas espreitadelas a registos de passeios com uma máquina preciosa que se herda por desinteresse dos demais...
.constantes reais irreais e surreais escapadelas para me (des) unir a mim...

21 de dezembro de 2007

wip




quebra-se o limite superior, a cabeça e a resistência. procuram-se referências, acrescentos, chapéus e origamis...os olhos trocam-se e os planos agudizam-se em mais inclinações.

20 de dezembro de 2007

33s


growing in constant activity

15 de dezembro de 2007

13 de dezembro de 2007

três dedos de conversa


e sentamo-nos a três e não lhes invejamos as decorações exibidas nas garras postiças que as fazem sentir-se poderosas. reclamamos apenas um mimo pouco rotineiro e arrepiamos um bocadinho os passos para obter um brilhozinho nos terminais de nós. a três como em outros saborosos momentos que guardo. saímos de lá sem meter as mãos nos bolsos e com vontade de ir tocar piano em mais conversa fiada. eu reclamo mais momentos assim e receio o abandono quando me dividir em dois.

...

não tenho queixumes típicos de ah e tal queria cesariana e tudo a que tenho direito para passar "ilesa" do momento X, pelo contrário, tenho ideias ao contrário. o tempo de antena que me dão é sempre curto para me exprimir e retraio dúvidas que são certezas por declarar. não adianto, descontraio, logo se vê. queria trazer mais queixumes para me concentrarem atenções, preciso de atenção e não me sinto capaz de a reclamar porque não gosto de inventar dores. enquanto esperei pelo carinho do doutor que me afagou o invólucro, a v. sentiu-o dançar, já não me pontapeia, empurra-me as fronteiras de mim. eu gosto e raramente vou a tempo de o partilhar. mapas de acabamentos, mapas de vãos, memórias descritivas e desenhos parciais, são tarefas que me substituem os babygrow's mas, não vejo a hora de acordar e ir espreitar o berço e o mudador recheados de momentos entre s'es e e's que me caracterizam o trabalho e a vida.

8 de dezembro de 2007

ani (berçários)

festejos prolongados e não consegui ficar no barco, fui rejeitada pelo vómito dos atropelos que o abarrotavam. elas rodearam-me de ai's eu irritei-me de rodeios e fugi. só tive pena de não rodopiar um bocadinho ao som de melodias dos outros tempos. o barco mantém a lotação e os picos de atracção. atravessa gerações e mantém fieis ligados em rede. não me apanham na rede tão cedo e até tenho pena. agarro-me a mim, abraço-me a mim e afago-me a mim porque só eu sou duas de mim.

7 de dezembro de 2007

vagas

procuramos vaga e sentamo-nos os três a disfrutar um sá da bandeira da última fila. o embutido deve ter gostado que ficou num sossego absoluto e só deu dois sinais ao de leve. da outra vez ainda vinham a caminho.

6 de dezembro de 2007

ensacar

enquanto se espera por uma consulta ouvem-se as mais delirantes e revoltadas conversas. entre elas:
"eles querem é ir-nos ao bolso! e pra mais há ai esses ocopontos que já tratam disso dos sacos, eles já tratam deles com as separações do lixo...vêm agora inbentar..."
"eu se morasse num sítio a mais de 30 km de um hospital e morresse pelo caminho nem sei o que lhes fazia!"

3 de dezembro de 2007

parabéns

alguns antecipo outros agendeio, outros recupero atrasos, a todos felicito, a todos reclamo...
ao "meu" p.
à querida p.
ao p. dela
às duas S's.
à n. e à r.
ao d.
ao a.
ao m. que ganhou uma m.
e a todos que me escaparam...

( )

o último ano em que existes só tu em ti...
um bocadinho de ti cresce em mim...
parabéns...

eu vista por mim

eu vista por mim
novembro1982