4 de julho de 2009

coisas nossas


já me repenica beijinhos que me incham nas bochechas e no coração. dêem-lhe uma tacinha com água ou soltem-lhe umas gotas da torneira e têem-no entretido por muito tempo. funcionam melhor os brinquedos improvisados, que se auto-reciclam e não atulham a casa, concluo de dia para dia. serve-lhe reparar nas formigas, nas árvores e no que voa em geral, bastam-lhe pedrinhas e um saco, algas e uma garrafa vazia, uma mangueira com gotinhas soltas. aponta tudo o que descobre e quer partilhá-lo. conversa muito mas ainda não diz quase mais nada para além de mama. a tia diz que disse pato. e disse. hoje pareceu-me dizer aia (água) e às vezes sai-lhe um a e i o u que me apanhou a soletrar com dança mas os me's e os ba's ganham os pontos. já tem um molar de fora e outro a romer para além dos 4 em cima e 4 em baixo. às vezes tenho de ser indelicada e ontem troquei-lhe as bolachas carimbadas de açúcar que lhe ofereceram por umas maria. dizem que digo muita coisa que posso vir a não cumprir, sim eu sei, talvez, mas ter ouvido uma educadora (ou seria auxiliar) na sala dos quatro anos a dizer- setem-se lá que dou uma pintarola a cada um- deixou-me com a pulga atrás da orelha. vou ter de me chatear?

2 comentários:

CACAU disse...

De facto os brinquedos improvisados entretêm-nos durante horas!O T. adora estar no banho com um garrafão de 5 litros e uma garrafa de água: enche, despeja, enche, despeja...
Quanto aos doces é a eterna batalha: "O quê, só come iogurtes naturais, que horror!!"; "O quê nunca comeu chocolate?", "O quê com quase 3 anos, só come Maria??"...etc, etc...travo a minha batanha diária até conseguir. Mas a pediatra passou uma declaração para a creche: nada de gelatinas, chocolates, corantes, enlatados (mas não estou lá sempre para ver se cumprem)...

inubil disse...

;-)

eu vista por mim

eu vista por mim
novembro1982