18 de outubro de 2009

s. paio






daqui seguimos para uma festa de anos. tenho constatado, uma vez que ainda não nos iniciamos nessa ronda, que das festas de anos das crianças faz parte a entrega de brindes aos convivas. saquinhos recheados de gomas coloridas ou outras variantes preenchem o contentamento de pais e filhos. A propósito de um ah e tal agora gasta-se tanto dinheiro, festa na escola, festa em casa, e prendinhas para todos, vim para casa a matutar na coisa. enquanto o miúdo se entregava ao sono rendi-me a um - ah e tal pura falta de imaginação - cá com os meus botões. e resumi-me mentalmente num: quando o miúdo cá de casa se iniciar na dita história já tenho cá para mim uma ideia: recolhemos bolotas, folhas, pauzinhos (substituíveis por palitos), no jardim mais próximo lá de casa. adquirimos, (única compra) na papelaria mais próxima, bisnaguinhas de cola que possam ajudar nas possíveis fixações. finalmente, agrupamos em saquinhos uns exemplares que permitam a cada criança poder construir qualquer coisa com os objectos cedidos - ideia aplicável a esta estação mas que se pode adaptar a outras variantes como usando material cedido pela praia.

3 comentários:

Marina disse...

Posso dizer que acho ridículo essa história dos presentinhos para os convidados? Então o lanche e o bolo não chega? Queira deus que não morda a língua quando chegar a altura do meu Manelito ligar a essas coisas... Bjs

Pátuá disse...

Há muitas coisas giras que se pode fazer, quem é prendada, arranja sempre uma ideia.Basta darmo-nos ao trabalho.
beijos e boas ideias

inubil disse...

:)

eu vista por mim

eu vista por mim
novembro1982