17 de março de 2011

26 semanas














descanso a menos e as costas a pedirem. uma pressão num nervo e andàmo-nos a arrastar e ainda falta um bom bocado. mais magnésio para dentro a ver se despacho trabalho que tenho pena de deixar a meio. mexe e remexe, dou-lhe pouca atenção, quase me acomodo a um novo ventre em reboliço como se tivesse sido sempre assim. há outro menino constipado a quem se tem de fungar o nariz. há outro menino a insistir em esticar a corda a cada batalha a quem se tem de imprimir rédeas. balançamos entre não's muito disputados e beijinhos e mimos. sem insistirmos no tema bebé já me afagou a barriga como quem mima o/um desconhecido. muito pouco enxoval preparado principalmente do feito à mão, algumas leituras a preparar o que vem, principalmente na gestão de um novo elemento no trio e no elo mais fraco e na sua adaptação. sem pressões há-de o instinto funcionar e o esforço superior em fazê-los interagir o máximo incluindo o mais velho, mesmo que demore o dobro do tempo, no máximo de tarefas relacionadas com o novo bebé. ainda vacilamos no nome e isso é coisa que me chateia porque faz parte, nesta cabeça, da construção deste novo bebé.

4 comentários:

Pátuá disse...

:) anda-se sempre num corropio...

beijinhos

Mar disse...

Entendo bem (até a questão do nome, sou igual). Mas vai tudo funcionar, até porque o elo mais fraco é o pequeno, não o grande, que já tem o seu espaço e o vai exigir. E o pequeno vai adaptar-se, e vocês também, e passam de triângulo a quadrado num instante, não perdendo a perfeição da geometria. ;)

inubil disse...

e eu vou encher esses dois meninos de mimos.

madrid disse...

Uma sugestão: conheço por perto uma família que o mais velho é Mateus (Mateo em castelhano) e o segundo Lucas, nomes de dois autores do evangelho... a terceira foi menina e chamada Maria (também bíblico), imagino que se fosse rapaz seria Marco ou João! lol Não sei se o nome Lucas existe por aí mas acho bonito.

eu vista por mim

eu vista por mim
novembro1982