3 de março de 2011

passear as linhas



















o papa, a mama, ele e o bebé...aos desenhos acrescenta sempre a palavra supostamente escrita. ontem fizemos uma hora de caminho ao ritmo dele, da escola até casa, pediu muito colo mas foi aguentando firme distraido com os desafios que lhe fui propondo. a rua é uma escola que se perde à velocidade do carro. havemos de repetir tantas vezes quantas forem possíveis e ficaremos com os músculos mais fortes porque temos espaço para descobertas físicas e mentais. e o sol a bater na cara soube tão bem e depois sinto-me menos mal de deixar a tv ligada tempo demais para poder também dar uns minutos de descanso a esta barriga enquanto coso folhas no fato de carnaval...

1 comentário:

Sofia F. disse...

Também adoro as palavras escritas deles e a forma com que, pelo menos o meu, divide as sílabas enquanto escreve!

Também adoro passeatas exploradoras, atentas a tantos e tantos pormenores que há em qualquer que seja o caminho!

Também adoro o sol na cara!

Ah! E o fato... ficou genial! Lindo, lindo!
























купить духи

eu vista por mim

eu vista por mim
novembro1982