31 de dezembro de 2013

os reis de viagens


















vão variando mas é muito fácil serem electrónicos. desta vez umas mini aguarelas eram a carta na manga, um plano furado que como se previa meteu água onde não devia. mas depois ambos puseram a imaginação a funcionar.

a brincar a brincar






















é só mais um ano a chegar

27 de dezembro de 2013

andamos em versão pac man

















a tentar apanhar a febre que o consumiu toda a semana de noite e de dia e o fez baloiçar entre picos de normalidade e picos de apatia. pudessem os pais e multiplicavam-se e comiam todos os micróbios. não é justo boicotar planos para a chupeta assim a coincidir com as festas e a festa adiada.

26 de dezembro de 2013

rainy days


















rain rain go away
sun sun come to play
rain rain go away
sun sun come to play
hei hei today it's a cloudy day
hei hei today it's a cloudy day

inveitei-lhes esta lenga lenga
cá carimbamos chuva e transformamos roupa
para o mini e para o maxi

24 de dezembro de 2013

21 de dezembro de 2013

cartões de natal


















FELIZ NATAL PARATI é o que trazem no verso os primeiros cartões de natal que passou a tarde a preparar. os primeiros, para o pai e para a mãe traziam de bonus uma casinha, no verso um pinheiro e os respectivos nomes escritos por conta própria. cabem na palma da mão.

20 de dezembro de 2013

o pai de casa
















tem sempre muita sorte a cada aniversário. a mãe fica quase invejosa. para que não escape cortou e coseu os tecidos sozinho, acabou por não colocar a neve, só teve ajuda para o cabelo e fornecimento de materiais. a mãe atirou algumas sementes, filho grande fe-las crescer. há prendas "sem" valor.

19 de dezembro de 2013

há novos calendários


















para um feliz natal contado dia após dia.

17 de dezembro de 2013

e quando as letras formam palavras
















as primeiras vezes não nos podem escapar por isso apanhou a primeira p u t a riscada na porta da casa de banho de um café e um carago também.

11 de dezembro de 2013

gerir conflitos e chamar o nadav






















uma mãe de volta de tachos. dois filhos de volta de cubos e paralelipípedos. aos cinco anos monta-se aos dois destrói-se. a tensão adensa-se. tira e põe destrói e monta, dá cá, não dou, é meu, não é teu. dois murros nas costas do pequeno com peças de madeira na mão. uma de duas hipóteses fisga o cérebro da mãe: ou soma gritos e multiplica agressividade ou inspira conta até três e ensina aos filhos o mesmo. objectos de discórdia subtraídos do local do confronto. deslocação da tropa para o tapete do quarto. momento de descompressão. início dos trabalhos de gestão de conflito. a mãe fala das hipóteses de reacção em momentos de conflito atira-as para o tapete e deixa filho grande pensar sobre elas. sabe que o jantar ficou sozinho mas continua muito blá blá blá e muito blé blé e mete guerras e armas reais, muros de berlim, gestão de conflitos grandes e pequenos, próximos e afastados. o mais recente. um colega da escola que lhe partiu dois brinquedos simplesmente por pensar que seriam do colega que não lhe cedeu um dos seus autocolantes. tudo atirado ali para o tapete. o fogão a cozinhar sozinho. voltamos. filho grande quase exemplar na paciência com as perturbações do irmão. desiste de lhe fazer castelos e muros e inicia a torre a dois com a mãe que se desdobra em manobras. filho pequeno também quer tirar peças e isso implica definitivamente que o jogo acabe. guardam-se cubos e distribuem-se colheres de sopa. amanhã o nadav passeia com filho grande para a escola.

3 de dezembro de 2013

é a receita do momento


















1 chávena de óleo
3 chávenas de farinha
1 colher de sopa de canela em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de sal
2 chávenas de açucar
3 ovos
3 a 4 maças
a nossa receita às vezes troca uma chávena de farinha por farelo e acrescenta sementes de sésamo e de chia, reduz o açucar e troca-o por açucar amarelo ou mascavado.

2 de dezembro de 2013

de pedir números
















ora lê este número. ora faz esta conta. como se faz essa conta. faz-me uma conta dessas.

1 de dezembro de 2013

paper diamonds

















os nossos enfeites deste ano já andam a rodopiar-nos nas mãos. temos na manga outras cartas que havemos de executar.

eu vista por mim

eu vista por mim
novembro1982