29 de março de 2009

25 de março de 2009

tudo a ver



quem vier aqui parar a propósito deste post da rosa pomar, seja bem-vindo. por aqui o babywearing funciona desde os 7 dias e está catalogado em mim mãe, mas também se estendeu ao pai. a ver se em breve faço um historial e crio uma etiqueta específica com as imagens desde o tempo em que cabia assim.
ajudou-me a afastar um bocadinho os curiosos e "atrevidos" de mexerem no meu bebé nos primeiros meses, o que me fazia bastante impressão, confesso. ajudou-me a tomar muitos pequenos almoços descansada. ajudou-me a participar em quase todos os jantares de amigos durante os primeiros meses. ajudou-me a tê-lo tranquilo em ambientes estranhos e a adormecer serenamente só com o caminhar e quando calhava, sem imposições. ajudou-me em tantas outras coisas que só me fez ser adepta fervorosa. não há fechos, molas e outros apetrechos, nada nos ata só nos apoia, assim espontaneamente encaixados. agora que ele já está de fora os comentários já só são positivos e baseam-se na praticidade do transporte. agora que já anda alternamos momentos de desaceleração, em que o ponho no chão e faço de homem-sombra, e momentos de aceleração, em que o encaixo no ritmo que conhece desde os tempos da barriga.
tem colo a rodos e paradoxalmente sempre ao colo ou colado a mim é bastante sociável.
da rosa temos um de inverno e um de verão, lindos os dois. o terceiro, feito por mim, é para consumo próprio e as costuras acho que me correram bem :). e não rosa, não te vamos fazer concorrência :).

24 de março de 2009

21 de março de 2009

os segundos



hoje a primavera e a rita com novidades do projecto dela. já te disse que o acho fantástico? :)
depois dos primeiros estes são os segundos e só me apetece repensar mais detalhes. em ambos construi o molde a partir de uns calções comprados e usei, de forma global, o esquema de execução para estes sacos multiusos :). agora ando a apurar detalhes

19 de março de 2009

18 de março de 2009

17 de março de 2009

padrões




?
rua santa catarina n.º ?
rua cimo de vila n.º 90

11 de março de 2009

<3


trepa ao sofá, à chaise long e ao que mais puder. fixa-se em objectos a atingir e reclama-nos que os chegue. está outra vez com muita tosse.

mais

10 de março de 2009

a fechar


ela conta tudo. eu trouxe tecidos, ela uma mesa.

8 de março de 2009

7 de março de 2009

rua cimo de vila-pensão mondariz, 139



entramos. estivemos no jardim com vista priveligiada. a pensão conserva quase tudo menos as refeições à movida servida em outros tempos.

4 de março de 2009

maquinar


a máquina com louça limpa, a louça espalhada na mesa, o lixo a feder, eu deitada com o miúdo, (sabes que o miúdo é um trabalho?), o dia estafado de tantas horas com solicitações de tudo e todos, ele, po-la suja, na limpa. eu sorri-me e quase discuti, não a voltei a ligar meia limpa meia suja, como chegou a propor, fui tirá-la, quase a lavei, atirei-a para a banca e bah quero lá eu saber da louça. ainda pensei na roupa e na máquina e em por a roupa na máquina, que há profissionais que não a sabem usar, mas só a dobrei, à seca e por metade. fui meia hora para os tecidos. olha deixa lá...

1 de março de 2009

quem quer ser bilionário


vale a pena. o filme. matamos saudades. a índia ficou-nos entranhada.
estás bom saurab?
já te dissemos que a trazemos entranhada? a índia...
que foi uma oportunidade de vida? a viagem, muita índia, pouco turismo e o teu casamento, para não esquecer, para lembrar...
estamos em falta...

andante




quase 13 meses-andante. apura o passo todos os dias. fomos à exposição.

eu vista por mim

eu vista por mim
novembro1982